Olá sou o Eduardo Priuli, Ítalo-brasileiro, apaixonado pela minha família, artes gráficas, web e vinhos italianos, ahhh ia me esquecendo, Especialista WordPress e SEO (Search Engine Optimization) no tempo livre.

Sabe aquela sensação de…  “Acho que isso daria um livro”… pois bem, se estiver curioso, te convido a conhecer um pedacinho dessa história.

Como negar aquilo que está no sangue?

Hoje em dia, a WordPress e o SEO (Otimização para os Motores de Buscas) fazem parte do meu dia-a-dia e da paixão em criar conteúdos novos todos os dias, mas, como cheguei aqui?

Integrante da geração X, Paulistano de coração, pai e marido dedicado, de família de publicitários, cresci dentro de uma das mais tradicionais agências de publicidade de São Paulo, publicidade Archote, vi a evolução do processo de criação de campanhas publicitárias no Brasil, do paste-up a chegada dos primeiros Macintosh’s ao mercado publicitário Paulistano; que mudança, só quem esteve lá pôde ver e entender o quanto o computador revolucionou a propaganda.

Paste-up Publicitario

Paste-Up, modo utilizado para montar anúncios publicitários antes dos anos 90.

 

Onde tudo começou, Corel Draw 3, 1992!

Vou te contar, o começo dessa trajetória; ano de 1992, zona norte de São Paulo, encontrei um professor Argentino que me ensinou o “Corel 3”, lembro como se fosse hoje, fazendo os primeiros quadrados, círculos e retângulos no programa.

Corel Draw 3 1992

Passado alguns meses, com as lembranças do que tinha visto e o que tinha aprendido no período dentro da Publicidade Archote, comecei a desenhar os meus primeiros rascunhos, réplicas de anúncios classificados e imóveis.

Entre a Razão e o Coração.

Passado 2 anos, me juntei a uma grande vontade do Sr. Adriano, “meu pai” de empreender e criar sua própria agência de publicidade, Capri Propaganda e Marketing (será que tinha uma mensagem subliminar nesse nome? Explico mais adiante) e assim, assumi sem muito medo e nem noção a área de criação da agência e aqui estava o coração. Imagino que deve estar se perguntando, mas a razão o que tem a ver com isso?

Leia mais